sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

E se... ?

Hoje Namolito veio com uns "e se..." muito bobos pra cima de moi.

Às vezes a gente tem essa mania besta de dar crédito demais pro destino. Repetimos que ah, era pra ser assim... , seja com resignação, quando dá errado, ou com cara de pirulito, quando dá certo. Mas vem cá, e a vontade de fazer acontecer? E a preguiça de mudar situações incômodas ou desconfortáveis?

Dar crédito pro destino é se eximir de responsabilidade, ou desmerecer o próprio esforço. É como tecer loas à sorte, sempre, em quaisquer circunstâncias, o que é ridículo.

Então um recado aberto e público pra você, Namolito querido: se a gente está junto, hoje, é porque, mesmo com tudo que foi pendenga, a gente se esforçou. Então nem vem dando crédito pro destino, porque o crédito é muito nosso.

Te amo!

4 comentários:

Marcelo disse...

Vc é linda, é foda e eu tb te amo! MUITO! :D

Priscila C. Souza disse...

Achei o máximo isso! concordo plenamente. Você é o único responsável pelo caminho que segue.

Dona Mila disse...

E não é? :)

Dona Lô disse...

Ter nas mãos as rédeas da nossa vida é a melhor parte da história.

E gente, que delícia a troca de 'te amo'. Que coisa mais 'pirulito!