quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Bate na boca!

Estava atendendo uma Rottweiler dessas bem grandonas e cheias de dentes na boca. Como é de praxe, coloquei a focinheira, mas fazendo o comentário de sempre: "Só por precaução mesmo, porque quem morde é cachorro pequeno". Aí Dr. Chefinho comentou "tipo Pinscher", e o ajudante emendou que há tempo não aparecia ali um Pinscher.

Neste EXATO momento, toca a campainha. Adivinhem quem chegou com a cabeça quebrada porque a dona pisou em cima?

6 comentários:

ZBUF disse...

Camila,
toda vez que leio seu blog, tenho certeza que fiz muito bem de naõ ter tentado o vestibular de medicina veterinária de Viçosa como tinha pensado aos 16 anos
hehehehehehhe

Roberta disse...

Pobre pinscher....

Marcelo disse...

Me lembrou aquele caso da acusada de morte... né não Roberta? :P

Dona Mila disse...

ZBUF, você mandou muito bem. Esse troço de veterinária vicia... E só continuo nisso porque sou muito junkie. :)

Roberta, cabeça de pinscher já é grande. Quebrada então... espero que ela esteja melhor!

Marcelo, hahahahahaha

disse...

Fato, Dona Mila! E no meio disso tudo, oq fazer quando vc começa a suspirar? :(

Roberta disse...

Marcelo, se eu monto eu quebro....