segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Porque é agosto.

No carro voltando pra casa, já pensando no caos aqui na terrinha, onde um prédio pegou fogo no meu caminho, ouvi no rádio sobre um acidente entre um carro e uma moto na Ponte. Sentido Niterói. O MEU. Suspirei, catei um CD do Eric Clapton, repeti o mantra da paciência e vim. Até que não estava tão mal, levei menos de 1,5 horas. Peguei Namolito, fomos pra casa, eu já feliz porque daria tempo de tomar um banho tranquilo, jantar... aí minha cunhada ligou. Meu irmão estava desidratando por cima e precisava de soro. Como eles não confiam em mim pra pegar veia - e isso é prática ilegal da profissão, mas foda-se - to aqui no Hospital tomando chá de cadeira com o Marcelo, que é um amor de prestativo e se ofereceu pra vir junto. Mentira, eu que fiz a cara "ai de você se não for comigo!", e ele, que não é bobo nem nada, veio.

Isso é pra eu aprender a parar de provocar Murphy. Que tola, comemorando um bom agosto e o mês mal começou...

3 comentários:

Dona Lô disse...

Amiga, reclama não... Te mando um e-mail te mostrando que a coisa podia ser pior, e comigo tá sendo.
Mas, força sempre! Bjos

Olivia disse...

Oi dona mila, o que seu irmão tem?
No mais, vc deu dorte, demorei 3 horas para chegar em niterói. E pra piorar, em pé no 998 lotado!
Isso que é azar!

Patrícia disse...

Ahhh, sempre tem o lado bom (fazendo a Polyana)... seu Namolito, sob ameaça ou não, te acompanhou! :)