quinta-feira, 27 de maio de 2010

Dilema, não-desabafo e (pelo menos um!) final feliz.

Tava matutando com meus botões sobre quanta coisa pessoal minha já expus aqui. Nenhum crime, nada de que me arrependa (até agora), só baboseiras, mimimizices, algumas alfinetadas, um ou outro mea culpa, coisas que me incomodam muito, coisas que me incomodam quase nada, mas que rendem alguma graça... Eu escrevo pra desabafar. Só que certos assuntos que me transtornam o minhocário a cabeça não cabem muito bem no blog. Na verdade, na verdaaaade, até caberiam. Super gostaria de um feedback dos meus queridos leitores e desconhecidos mais íntimos, mas como já mostrei a cara e não posso contar com o anonimato, muitas dessas coisas iam acabar pegando mal. Pois é, vou ter que contar só com meus botões mesmo...

*****

Mudando de assunto. Mandei hoje um mail meio indignado, meio malcriado, pra corretora de seguros. É, aquela corretora que leva semanas pra responder e-mails. E não é que mandaram um pedido fofo e aparentemente sincero de desculpas, solicitando o número da minha conta pra fazerem o depósito? Viram, nem tudo está perdido!

(Tá que não fizeram mais que obrigação, mas só de pensar em ter que acionar me dá uma piguiiiiiiça... Melhor assim.)

5 comentários:

Marcelo disse...

Que bom que não precisou botar no pau. Ia ser chato mesmo. :)

Maquiadora disse...

ja pode pagar o chopp

Junião disse...

Opa! Enfim boas novas! Nem tudo nessa vida está perdido!

Karine disse...

Já estava quase achando que Brasil näo era um país sério... ufa, que susto!

Lune disse...

Mila,

Adoro o que você escreve; seu Blog é ótimo!!! Bjs carinhosos, Lune