quinta-feira, 25 de março de 2010

As aventuras do Tumati. (2)

Verídicas porém enfeitadas.

Empolgadíssima com a road trip, entupi bagageiro e banco de trás com tranqueiras mil e segui com Mais Loira rumo ao Sul. Já no primeiro dia de viagem nos perdemos na BR-116. No segundo, percebemos que Tumati não tinha ar quente, então paramos numa loja de coisas de couro na estrada pra comprar luvinhas. Nisso um caminhão de cerveja passou a gente e tombou mais pra frente na estrada, espalhando litros e litros do precioso líquido e diversos caquinhos de vidro.

Já estávamos no meio de Santa Catarina quando comecei a ouvir um "tum-tum-tum" bem baixinho.
- ML, que barulho é esse?
- Ah, é a Brasília ali na frente, ultrapassa!
(Brasília ultrapassada...)
- ML, o barulho continua. O que será?
- O que será?


Foi bem aí que o volante começou a tremer, perdi o controle e encostei. Sim, os cacos das garrafas de cerveja furaram o pneu, que foi esvaziando, esvaziando, fazendo "tum-tum-tum" até a roda literalmente rasgar o pneu.

Antes que eu chorasse de pânico por estar entre o nada e o lugar nenhum onde só passavam caminhões, ML disse: "Caaaalma que eu sei trocar pneu!". Mas se não fosse uma boa alma se condoer da nossa patética situação, estaríamos lá até hoje. ML com o macaco desmontado na mão e eu consultando o manual. Mas a boa alma não só trocou o pneu como nos escoltou até a cidade mais próxima. Vejam só o estrago:

7 comentários:

Priscila C. Souza disse...

Passei por problema parecido mas estava sozinha!
Sabia toda a teoria de trocar pneu, mas quem disse que eu conseguia girar as parcas... Fiz o que todos sempre me diziam...
- Pega a chave de roda e faz uma alavanca e sobe em cima. Usa seu peso pra girar...

Eu não giro é nada!

***GrAzI disse...

Gzuis!!! Estou ansiosa esperando o próximo capítulo!! rsrsrrs

Dona Lô disse...

KKKKKKKKKKKKKKKK!!!!!!! Eu aprendi na prática a trocar pneu porque quando comprei meu carro obriguei meu pai a me ensinar no próprio carro. Mas graças a Deus, nunca precisei. Que bom que a aparente barra pesada acabou virando boa história...

Junião disse...

Caraca Mila, rodou quantos kms ouvindo "tum-tum-tum"? Que zica, se tivesse parado nos primeiros "tum-tum-tum" ñ teria perdido o pobre pneu...

Patrícia disse...

Tumati era muito aventureiro!

PS: Nossa, achei vc diferente (é vc? rs) da figura do blog! rs
Digamos que está mais rebelde na figura! rs

Bjs

disse...

Dona Mila, é vc???????? (Dã!)
É???

Dona Mila disse...

Pois é, joselitei! Mas foi uma viagem divertida. Em breve, novos capítulos do saudoso Tumati!

E, sim, sou eu mesma na foto, em 2006, com cara de fizmerdinha...

:)