quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Greve.

Assim como os aeroviários, decretei greve. Juro, agorinha mesmo. Deu vontade, sabe? Na verdade, deu é falta de vontade. Inventei tanta coisa mirabolante pra fazer que só de pensar me cansou.

Então não vou comprar presentes. Não vou rodar como peru bêbado pelo Centro abarrotado em busca de raridades. Não vou passar no banco. Não vou (mais) inventar tanta moda. Nem ficar me planejando tanto. Talvez chamar o Grinch pra um eggnog.

E vou trabalhar, porque as contas não estão de greve...

*****

Ah, sim, moderação de comentários em greve também.

3 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Eu gosto de presentear, mas não nesta época..ou, mais exatamente, não gosto de passear como peru bêbado no meio de outros perus bêbados e estressados...quando a greve termina? qual a plataforma de negociação?

Junião disse...

Mew... vontade zero, ZERO, Z-E-R-O de cumprir minha ToDo list no trabalho e olha que ela não é pequena! Tá f... mas é o jeito, provavelmente não conseguirei fazer tudo e prevejo esporros em 2011...

Atitude: substantivo feminino. disse...

Tô fora de presentes a afins.
Queiram-me bem que não custa dinheiro, sempre digo.
Mais barato e honesto.
Aff