sábado, 11 de junho de 2011

Preservando as endorfinas.

Uma vez um sábio me contou que, quando nos ofendem, o ideal é não se sentir atingido, já que perdoar é divino e revidar é escroto. A partir desse pensamento, constatei que nunca, NUNCA vale a pena se estressar com nada, visto que o motivo do seu estresse, seja coisa ou pessoa, não é prejudicado pelo seu estresse; só quem se prejudica com o estresse é o próprio estressado (pequeno exemplo: você tá lá no trânsito e toma uma fechada; se estressar com quem te fechou só eleva a sua própria pressão, o "alvo" do estresse continua ali, feliz e cheio de endorfinas, dirigindo na sua frente). Mesmo que consideremos um (suposto) poder pessoal de emanar energias negativas muito bem canalizadas pra, digamos, o puto que te fechou no exemplo acima, é sabido que quem plasma energia negativa também sofre com ela (tá, sem entrar no mérito das energias - que eu particularmente acredito - vamos seguir a lógica: quem acredita que consegue mandar más vibrações tem que acreditar que também é suscetível a elas, de acordo?).

Então, essa super introdução é pra corroborar (aham-aham!) mais uma epifania minha: não só não vale a pena se estressar, como não vale a pena se aborrecer, se magoar, nem se corroer de orgulho besta, já que todas estas ações prejudicam, talvez não somente, mas principalmente, o autor. Não é fantástico?

A solução que consigo pensar agora - e nisso eu colei de um certo alguém aê - depende do valor do seu alvo; se é alguém que vale a pena, converse e resolva; se é o babaca fdp mau motorista do exemplo acima, mostre a língua, mostre o dedo médio, mande se foder, mas imediatamente releve, sublime e jogue uma pá de cal em cima. Só pra garantir.

Será que eu consigo? Pollyanna jura que sim. ;)

6 comentários:

Anônimo disse...

????????????, quem te deixou meditando tanto hein?

Dona Mila disse...

A vida, querida, a vida... ;)

Priscila C. Souza disse...

Gostaria muito de saber não me estressar, me aborrecer, me magoar...
Será q um dia aprendo?! :P

Dona Mila disse...

Pri, será que aprenderemos? ;)
Acho que o que vale é tentar!

Gazzy1978 disse...

Mais difícil que não se estressar, é não ficar remoendo o stress...

Luciana Nepomuceno disse...

Você conseguiu resumir brilhantemente alguns dos meus princípios norteadores, viu. Eu sou mega pollyana. Bjs