terça-feira, 7 de setembro de 2010

A culpa é do São Pedro!

Trabalho a uns 30 e poucos quilômetros de casa. Sempre vou de carro, sempre me fodo na volta com a Ponte engarrafada. Aí fiz umas contas de tempo de deslocamento e percebi que pegando três transportes públicos - ônibus, barca e metrô - vou gastar mais ou menos o mesmo tempo que de carro. Fora que custa metade andar de transporte público (valeu, bilhete único!).

Já estava decidida a começar a saga via crúcis a praticidade baratinha amanhã, dia em que a Ponte estará sobrecarregada com os desgraçados os putos as pessoas que voltarão do feriadão na merda da região dos lagos.

Mas aí a previsão pra amanhã é de chuva. Não faço chapinha, mas sou meio de açúcar, então a preguiça falou mais alto; vou de carro, xingando o engarrafamento, mas chegarei sequinha em Irajá. Atrasada, mas sequinha.

9 comentários:

Olivia disse...

Mas você não carrega um aparelho de US?
Não seria perigoso carregar um na mão? Ou pesado? com risco de danificar...
Como nunca vi um, não sei como é, mas imagino que é delicado.
Non???

Maquiadora disse...

existe metro no iraja?

Marcelo disse...

E não deu outra... chuvarada braba agora de manhã...

Thata disse...

kkkkkkk
Juro que essa eu quero ver!
Desculpa, amiga, eu confio na sua persistencia, mas acredito que depois da primeira viagem com os queridos 'companheiros' cheirando a cecê logo de manhã e tentando te dar uma encoxadinha como se não bastasse estar apertadinha como numa lata de sardinha você logo desistirá.
Beijos
Boa sorte!

Priscila C. Souza disse...

hahahahaha comodimos é a maior praga do ser humano.

Danielle Martins disse...

kkkkkk
Também trabalho a 30 km de casa e transporte público nem pensar, mas juntei-me a algumas amigas de trabalho, a gente faz o ecologicamente-correto rodízio (cada dia uma passa e pega todas). A ida ao trabalho fica mais divertida, barata e continua cheirosa!

Dona Mila disse...

Olivia, a idéia é deixar o aparelho aqui no Centro de Diagnóstico no começo da semana (vindo de carro, claro) e nos outros dias vir de busão-barca-metrô!

Maquiadora, pra vc ver como Irajá ganha de Niterói... hahaha

Marcelo, e nem peguei tanto trânsito assim!

Oh, Thata, não me desanima!! :)

Pri, comodismo, necessidade de conforto... :)

Danielle, bem que eu queria não ser a única infeliz de Niteói aqui do trabalho. Tem gente do Recreio, Méier, Barra, Laranjeiras... Nem dá pra fazer rodízio! :P

Isabela Abreu disse...

Ótimo blog, Camila. E eu que trabalho a 100km (petropolis)? nem onibus tem..kkkk

***GrAzI disse...

Super te entendo, mas a minha primeira opção é sempre pelo conforto! Não sei se vc vai pegar ônibus cheio ou não, mas ir em pé, toda amassada pelos outros... Isso me desanima mais do que ficar gastando combustível dentro da minha Joaninha! rs

Beijokas!!